Notícias

Pilar agrega acupuntura às especialidades do corpo clínico

20/06/2016 14:33:58

Pilar agrega acupuntura às especialidades do corpo clínico

   

 

A acupuntura, método de tratamento complementar que deriva da medicina tradicional chinesa e existe há cerca de quatro mil anos, está registrada no Brasil como especialidade médica desde 1995 e agora faz parte das mais de 40 possibilidades oferecidas pelo Hospital Pilar.
O diagnóstico desta especialidade é baseado em conceitos diferentes da medicina ocidental e tem o objetivo de equilibrar o organismo. O tratamento é realizado por meio de agulhas muito finas inseridas em pontos específicos, com terminações nervosas que, quando estimuladas, induzem a produção de substâncias que diminuem a sensibilidade à dor. Além da conhecida técnica com o uso de agulhas, há a eletroacupuntura, em que se usa eletrodos, e o modelo em que se trabalha por meio de pontos nas orelhas, a auriculoterapia.
Há forte indicação do uso de acupuntura no caso de dor crônica. “Ela tem algumas vantagens em relação a outras opções. Além do alívio proporcionado, diminui a necessidade de medicação para controle da dor, que pode ter efeitos danosos sobre rins, fígado e estômago”, explica Elisabeth Hommerding Piá de Andrade (CRM-PR 8426/RQE 777), especialista em acupuntura do corpo clínico do Hospital Pilar. Mas existem muitas outras indicações além desta, todas reconhecidas pela OMS (Organização Mundial da Saúde), tais como: asma, rinite, acne, hipertensão arterial, indução de parto, obstipação, zumbidos, insônia, ansiedade, depressão, náuseas, vômitos, sequelas de AVC, obesidade etc.
A especialista afirma que “existem diversos trabalhos científicos na área da neurociência comprovando a eficácia da acupuntura, inclusive com recursos de imagem e estudos a nível molecular”.
Consultas no Centro Médico do Hospital Pilar podem ser agendadas pelo telefone 41 3076-5505 ou 3076-3064.

 

Fonte: Anúncio Gazeta do Povo

 

voltar