É preciso sim, pois quanto maior o número de informações que o Hospital tiver do paciente, melhor e mais eficaz será a forma de atendimento.